Home/ Destaques/ Compartilhar de ECONOMIAS COMPARTILHADAS SE RENOVAM PARA GANHAR MERCADO 6 artigo

ECONOMIAS COMPARTILHADAS SE RENOVAM PARA GANHAR MERCADO

Pra Cego Ver Bernardo e negro esta sorrindo e com os braços cruzados usa cavanhaque, terno escuro, gravata com listras lils claro e escuro e os cabelos raspados. 
Publicado: 05/06/17
Colunista: Bernardo Santos   consultor empresarial. Scio fundador da Forte BS h anos presta consultoria a empresrios nos ramos contbil, fiscal, departamento pessoal, abertura e encerramento de    e empresas, alterações contratuais, registro de patentes e marcas, tecnologia, entre outros temas. Est se especializando em Direito Ciberntico e Compliance 
Foto: Edi Sousa Studio Artes. 

As economias compartilhadas fazem parte de um segmento vem crescendo a cada ano não s no Brasil mas em todo o mundo. 
 
Esse conceito se iniciou em meio forte crise de 2008 na qual os recursos naturais nos pareciam cada vez mais escassos e o mercado poca dava sinais negativos em vrios aspectos. Não foi toa que o famoso jornalista Thomas Friedman, do New York Times, disse a frase que ficou famosa: “Tanto a mãe natureza quanto o mercado chegaram a um limite e declararam que o modelo hiper consumista em vigência não era mais sustentvel.”
 
No cerne da ideia de economia compartilhada, surgiram não s as necessidades de inovações, mas tambm as preocupações ambientais crescentes, a recessão que assolava o mundo todo, as tecnologias e redes sociais que dominavam e ganhavam cada vez mais mercado e a redefinição do sentido de comunidade que começou a transcender os limites geogrficos. 
 
Entre uma das vantagens apresentadas no novo modelo est a de que a economia compartilhada permite que as pessoas permaneçam com o seu estilo de vida, e não precisem consumir ou comprar mais produtos, o que traz uma enorme vantagem financeira para o consumidor e ainda beneficia o nosso meio ambiente.
 
Com o sucesso das economias compartilhadas de vrias vertentes, e com o crescimento tambm dos usurios da internet – lembrando que o Brasil est entre os pases mais conectados do mundo – os negcios digitais, desenvolvidos exclusivamente para veiculação na internet apresentaram um crescimento exponencial e em muitos casos, descontrolado. 
 
O crescimento desordenado e a falta de leis especficas para este tipo de serviços trouxeram uma preocupação com a qualidade e com o resultado negativo que poderiam trazer aos seus usurios, sem contar a resistência dos profissionais que prestavam serviços similares de forma tradicional, em vertentes que não se utilizavam da internet.
 
Porm, como não se pode deixar de lembrar: “O mundo digital a cpia do mundo real ” e assim como no mundo real, a competitividade entre os negcios e negociantes do mundo digital levou a inovações – mesmo que não determinadas por lei – dos negcios prestados pela internet. Algumas empresas, j estão inovando seus aparatos de avaliação para seus parceiros para que assim consigam melhorar a qualidade do serviço prestado e atrair ainda mais clientes.
 
Um forte exemplo dessas inovações o que a CABIFY – concorrente direto da UBER nos serviços de compartilhamento de viagens – vem implantando. Vejamos algumas delas:
 
.Permite que a corrida seja marcada pelo computador e não exclusivamente pelo celular, e assim, oferecer maior facilidade aos usurios na contratação do serviço de qualquer lugar.
 
.Alterou a maneira de cobrança para beneficiar seus clientes permitindo apenas “cartão de crdito” o que força um cadastro prvio do usurio e assim diminuir o risco de assaltos.
 
.Fixou a cobrança no valor da corrida que, dessa forma, independente de condições externas, a cobrança sempre calculada de forma nica. Em outras palavras, o valor da corrida determinado ponto a ponto, ou seja, a tarifa calculada independentemente do trânsito, horrio ou caminho alternativo que o motorista fizer (e se você permitir, claro). Dessa forma, o usurio fica sabendo do valor final da corrida no momento que solicita o veculo, sem surpresas ao final da corrida.
 
.Permite aos seus motoristas que tenham acesso ao nmero de contato dos usurios, aumentado assim, a segurança para os motoristas: “No Cabify ns, motoristas, temos acesso direto ao telefone do usurio, assim conseguimos entrar em contato com o cliente em locais com um grande nmero de pessoas, como aeroportos, shoppings, etc.”
 
.Permite que os usurios configurem as preferências da sua viagem pelo aplicativo mobile, como ar-condicionado ligado ou desligado, msica, frequência de rdio favorita e at mesmo se deseja que o motorista abra sua porta no embarque ou desembarque, o que pode ser muito til em determinadas situações.
 
O que me pareceu mais interessante poder vincular os gastos com as viagens aos sistemas de fidelidade em milhas de viagens de sua escolha. No aplicativo est disponvel somente o Latam Pass para Peru e Chile. A empresa, contudo, ainda não anunciou nada a respeito de acmulo de kilometros ou milhas no Brasil.”
 
J na questão da seleção de parceiros, a empresa inovou com as seguintes exigências: 
 
.Atestado de Antecedentes Criminais Estadual emitido h menos de 90 dias.
 
.Aplice do Seguro de Acidentes Pessoais a Passageiros (APP) com cobertura de no mnimo R$ 50.000,00 por passageiro/ocupante, para 5 passageiros/ocupantes e cobertura por Morte e Invalidez.
.Treinamentos para iniciação dos motoristas.
 
.A empresa oferece descontos na troca de leo e manutenção.
 
.Pagamento apenas com cartão de crdito, pois aumenta a segurança.
 
Essa a prova de que os negcios providos pela internet tambm têm a preocupação com a segurança e tal qual os modelos tradicionais, vêm se inovando e demostrando slido  desenvolvimento, o que melhora nossa economia, gera empregos e aumenta a gama de serviços prestados. Tudo isso, com menor custo e benefcios incontveis ao meio ambiente. 

Bernardo dos Santos
www.fortebsassessoria.com.br
contato@fortebsassessoria.com.br
 
Obs: O Pr Trabalhador Agência de Notcias não se responsabiliza por serviços contratados e prestados diretamente por seus colunistas.  Apenas por palestras, treinamentos e oficinas contratadas diretamente com o comercial@protrabalhador.com.br, nestes casos feito contrato prprio e apresentação de nota fiscal do Pr Trabalhador. Atenciosamente, Direção do Pr Trabalhador.