Confiança

Pra Cego Ver: Professor Wanderley usa camisa de manga curta, com listras finas na cor azul. FimConfiança 
 
Publicado: 
Colunista: Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras, Tradutor e Intrprete, coordenou a Academia de  Microfinanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo, microfinanças e marketing pessoal. Atualmente realiza palestras sobre empreendedorismo e marketing  pessoal e ministra  Lngua Portuguesa para candidatos a concursos pblicos.
Foto: Edi Souza e Nalva Lima
 
Qual seria um dos importantes pontos para se iniciar uma parceria e para alavancar o seu empreendimento? Confiança!
Nem sempre fcil logo de cara confiar em quem est acabando de chegar, por isso a importância da sondagem, da curiosidade para que detalhes at então ocultos venham tona da verdade.
Não se pode entregar as suas responsabilidades de uma hora para outra e diretamente a quem acabou de se conhecer, não mesmo?
Nem dentro de um casamento o processo assim tão ligeiro, não mesmo? Flerta-se, namora-se, noiva-se e depois, enfim, o matrimônio. Um processo que podem se levar anos! E mesmo assim quantos divrcios a seguir!
 
Muitas parcerias at com familiares não dão certo, imagine com estranhos, não mesmo? Um risco que não pode ser cometido por apenas ser deixado levar pela boa lbia e pelo sorriso fcil de terceiros.
Realmente bem difcil.
Mais ainda quando o empreendedor não enxerga aquele em quem deveria apostar todas as fichas de sua confiança, de olhos fechados e que estava ali presente todo o tempo: você mesmo!
Não h como prosseguir com negociação nenhuma se, em momento nenhum, ainda não conseguiu negociar consigo mesmo, se ainda não conseguiu uma autoavaliação do quanto se pode confiar em seus instintos, intuições, aptidões e capacidade.
 
Como querer continuar e alavancar um negcio se o prpria pessoa não confia nela mesma? Não confia em seu poder de decisão nem em sua natureza empreendedora, aquela que vai vorazmente atrs da realização de seus sonhos?
Não h prosperidade de negcio nenhum se não houver a consolidação da autoconfiança. Esteja certo e firme em seu propsito. Planeje e realize algo dentro daquilo que você realmente acredita e não por apenas ter escutado de que tenha dado certo com fulano ou sicrano. 
A partir do momento em que se houver feito uma reflexão de suas capacidades e suas restrições, um estudo de suas reais condições, não financeiras, mas as condições motivacionais e de estudo e planejamento, da sim hora de “tocar o barco”, como dizem. Mesmo assim, lembre-se de que nenhum barco sai de seu per com o motor arrancando. uma sada lenta, como que se, devagarinho, fosse analisando cada espaço da gua, deixando-a sentir, deixando-a se envolver, para depois pegar a velocidade desejada e prosseguir viagem.
 
A autoconfiança de suma importância para que se possa passar a confiar em terceiros, para que estes tambm possam confiar em um valor depositado em sua pessoa e não apenas em um mero negcio.
Afinal de contas, o negcio comercial pode um dia acabar, mas o sentimento humano para se carregar para sempre.
 
 
Outras informações: 

http://portuguesfacilparaconcursos.blogspot.com.br/

Obs: O Pr Trabalhador Agência de Notcias não se responsabiliza por serviços contratados e prestados diretamente por seus colunistas.  Apenas por palestras, treinamentos e oficinas contratadas diretamente com o comercial@protrabalhador.com.br, nestes casos feito contrato prprio e apresentação de nota fiscal do Pr Trabalhador. Atenciosamente, Direção do Pr Trabalhador.