Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Fortalecimento contnuo 108

Fortalecimento contnuo 108

 
Pra cego ver: Professor Wanderley sorri, veste terno cinza e camisa branca. FimPublicado: 01/12/16
Colunista: Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras, Tradutor e Intrprete, coordenou a Academia de  Microfinanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo,  microfinanças e marketing pessoal. Atualmente realiza palestras sobre empreendedorismo e marketing  pessoal e ministra  Lngua Portuguesa para candidatos a concursos pblicos.
Foto: Edi Souza e Nalva Lima
 
O Brasil continua a liderar o “ranking” dos pases em que mais surgem novos negcios por ano, apenas perdendo para a China, segundo dados do Governo Federal. São novos empreendedores e microempreendedores buscando, em meio s contnuas crises, meios de fazer a diferença, construrem seus pequenos castelos e resgatarem a autoconfiança naquilo que melhor fazem e produzem.
Não s um meio de realização de sonhos, mas uma opção de sobreviver ao caos econômico, mantendo o seu sustento e da famlia, resgatando a dignidade atravs de um trabalho digno e honesto e ganhando cada vez mais aquela sensação do dever cumprido e objetivo atingido.
E dentro desse panorama econômico, que j não tão novo assim j h alguns anos, surgem ferramentas cada vez mais consistentes para que estes pequenos emergentes firmem-se em seus negcios e consigam continuar na estrada de sua evolução empreendedora.
Com o crescimento do nmero de micro e pequenas empresas, houve concomitantemente o aumento do nmero de facilitadores de contedo sobre empreendedorismo.
Da o efeito domin, aquele onde uma coisa leva outra. Com o apoio de instituições de ensino que oferecem de “workshops” a cursos intensivos, surgimento de livros, nos mais diversos formatos e nveis, especializados no assunto, e diversos ciclos de encontros e palestras, fica cada vez mais fcil e adequado empreender.
Uma vez empreendendo com consistência, certeza e sempre de olho em novas oportunidades, h a geração de empregos, aumento da renda local e o giro econômico dentro da comunidade, o que de interesse do Governo para os seus ndices em colocações mundiais de desenvolvimento. Essas instituições educacionais, com isso, continuam ganhando incentivos governamentais e podem continuar oferecendo uma diversidade de ensino e aprendizagem gratuita. Um ciclo bom para todos.
E exatamente dentro dessa corrida que se pode fazer a sua parte. Sair da rea de conforto e ir atrs de melhorias dentro daquilo que lhe for adequado e conveniente, procurar se reciclar, fortalecer-se e poder repassar, de certa maneira, parte de seu sucesso a terceiros, por meio de ações sustentveis e sociais.
Enfim chegamos novamente a um mês do final de mais um ano e, como sempre, hora de começar a rever o que não deu certo, ajustar o que est em andamento e focar nas melhorias e nas inovações de mais um ano de dedicação e de trabalho. Mas que, acima de tudo, possa se trabalhar em parcerias, em uma união a favor não de um desenvolvimento egostico, mas do coletivo, pois s assim todos continuarão ganhando dentro das raias da corrida por uma vida melhor onde a nica rival a descrença.

Outras informações: 
http://portuguesfacilparaconcursos.blogspot.com.br/
Obs: O Pr Trabalhador Agência de Notcias não se responsabiliza por serviços contratados e prestados diretamente por seus colunistas.  Apenas por palestras, treinamentos e oficinas contratadas diretamente com o comercial@protrabalhador.com.br, nestes casos feito contrato prprio e apresentação de nota fiscal do Pr Trabalhador. Atenciosamente, Direção do Pr Trabalhador.