Home/ Destaques/ Compartilhar de A insustentvel situao da Previdncia

A insustentvel situação da Previdência

Descrição de Imagem:Professor e Economista Marcos Cintra FGV gesticulando com as mãos em convite a reflexão sobre a reforma da previdência. Fim da Descrição.
 
Publicado: 30/06/16
Artigo enviado por: Marcos Cintra
Foto: Edi Sousa Studio Artes 
 
A reforma da Previdência ser um dos temas que forçosamente o Brasil ter que discutir. O governo de Michel Temer deve apresentar propostas nesse sentido e algumas serão impopulares, mas necessrias para o pas. Um dos pontos fundamentais ser o estabelecimento de idade mnima para a aposentadoria.
A reforma previdenciria no Brasil vem sendo discutida h anos sob a perspectiva de sua sustentabilidade. Vrios estudos vêm mostrando que o sistema brasileiro contm diversas caractersticas que o tornam insustentvel ao longo dos anos.
 
A empresa alemã Allianz examina sistematicamente os elementos relevantes dos sistemas de pensão em vrios pases e em recente relatrio o Brasil aparece em uma posição extremamente desconfortvel. O estudo “2014 Pension Sustainability Index” analisa 50 pases considerando diversos parâmetros de natureza demogrfica, previdenciria e financeira visando elaborar um ranking para representar a capacidade de equilbrio de longo prazo das regras da previdência em cada um deles. A sustentabilidade da previdência brasileira s não est mais comprometida que a da Tailândia.
 
Em outro levantamento da consultoria australiana Mercer, intitulado “Melbourne Mercer Global Pension Index”, a situação brasileira tambm não difere em termos de capacidade de sustentabilidade previdenciria. A entidade avalia 25 pases e o Brasil aparece na terceira pior posição, atrs de Austrlia e Áustria.
 
No estudo da Allianz o desequilbrio previdencirio brasileiro est associado ao processo de envelhecimento da população combinada com regras que permitem aposentadorias precoces. A Mercer tambm aponta a questão da idade mnima como um dos problemas do pas.
 
A fragilidade do sistema previdencirio brasileiro foi retratada tambm pelo consultor Pedro Fernando Nery do Ncleo de Estudos Pesquisas da Consultoria Legislativa do Senado Federal no Texto para Discussão 190 – Idade Mnima: perguntas e respostas. Segundo o autor “o desenho da Previdência aliado transição demogrfica apresenta uma tendência estrutural de crescimento de despesas.” Cabe citar que nesse relatrio Nery chama a atenção para o efeito dessa situação que a pressão sobre a j elevada carga tributria brasileira e a redução dos desembolsos em investimentos pblicos e dos gastos com polticas pblicas necessrias para reduzir as desigualdades sociais. O consultor conclui que “no limite a Previdência teria dificuldade em arcar com seus compromissos perante os beneficirios e ter de fazer reformas bruscas”.
 
A questão previdenciria envolve muitos interesses e a população sabe de sua importância. Pesquisa recente do Ibope aponta que 75% das pessoas aceitam uma reforma que garanta a sustentabilidade do regime e 65% concordam em rever a questão da idade mnima.
 
Tudo leva a crer que mudanças importantes virão e o pior dos mundos seria continuar adiando essa reforma, o que levaria ao comprometimento da situação não s para quem j est aposentado, mas tambm para aqueles que mais frente vão se retirar do mercado de trabalho. 
 
Outras informações: 
_______________________________________________________
Marcos Cintra doutor em Economia pela Universidade Harvard (EUA), professor titular e vice-presidente da Fundação Getulio Vargas.
www.marcoscintra.org / mcintra@marcoscintra.org
 
Obs: O Pr Trabalhador não se responsabiliza por serviços contratados e prestados diretamente por seus colunistas.  Apenas por palestras, treinamentos e oficinas contratadas diretamente com o comercial@protrabalhador.com.br, nestes casos feito contrato prprio e apresentação de nota fiscal do Pr Trabalhador. Atenciosamente, Direção do Pr Trabalhador.