Home/ Editorias/ Dicas de Leitura/ Livro: "O Mundo do Trabalho no Cinema"

Livro: “O Mundo do Trabalho no Cinema”

Descrição da imagem: A capa do livro: "O Mundo do Trabalho no Cinema" sendo mostrada por Carolina Maria Ruy". Fim da Descrição Dicas de leitura: O Centro de Memoria Sindical, junto com a Força Sindical, lançou no dia 24, de novembro, em São Paulo, o livro: “O Mundo do Trabalho no Cinema”.
 
Publicado: 10-12-15
Texto: Regina Ramalho
Foto: Edi Sousa. 
 
O Centro de Memoria Sindical, junto com a Força Sindical, lançou no dia 24, de novembro, em São Paulo, o livro: “O Mundo do Trabalho no Cinema”.

Descrição de imagem: Miguel Torres presidente da Força Sindical. Fim da Descrição

 
 
Fruto de um trabalho aprofundado de pesquisa e organizado pela jornalista, Carolina Maria Ruy, que atualmente coordena o Centro de Memoria Sindical. 
 
O livro traz 149 resenhas e comentrios sobre clssicos do cinema que historicamente são e foram utilizados por sindicalistas como forma didtica de transmissão da cultura e informações histricas sobre as relações de trabalho, que envolvem a busca incessante por capital, riqueza e a exclusão e exploração da mão de obra. 
 
Durante o lançamento o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, lembrou dos anos de 1984, e do sindicalistas Joaquinzão, um dos fundadores da entidade. Falou das greves de 30 dias feitas juntamente com ocupações e de que maneira a televisão e os filmes eram e são ferramentas de informação e cultura. 
 
“O primeiro livro citado neste livro foi um dos que exibimos em 84, durante a ocupação e greve de 30 dias, de l pra c, a utilização de filmes virou tradição”, conta Miguel. 
 
O presidente do Centro de Memoria Sindical, Milton Cavalo, alerta: “Não adianta ter e manter um acervo com as memrias, necessrio tambm divulgar, por isso, alm de lançar livros, estamos retomando o registro de depoimentos de dirigentes vivos que presenciaram e fizeram parte de vrios fatos histricos”.
 
Descrição de Imagem: Presidente do CM Milton Cavalo. Fim da Descrição.
 
Para Antonino Rogerio Magri, assessor poltico da Força Sindical, “O cinema uma maneira de projetar o mundo trabalhista e suas incgnitas e o papel o movimento sindical paraDescrição Imagem: Antonio Rogrio Magri, assessor poltico da Força Sindical. Fim da Descrição. sociedade”. 
 

Descrição de Imagem: Doutora Suzanna Sochaczewki, Dieese. Fim da Descrição

 
 
 
A doutora e mestre e sociologia pela Universidade de São Paulo (USP) Suzanna Sochaczewski atua no Dieese na formação acadêmica de lideranças sindicais. No primeiro curso acadêmico voltado para o trabalhador tambm deu seu depoimento a equipe do Pr Trabalhador. 
 
“Os filmes são muito usados no Dieese, pois os alunos apreendem sobre economia, poltica, histria social, filosofia e artes e os filmes ajudam a na compreensão dos processos histricos”, diz Suzanna.
 
 
 
 
 
 
 
 
Antonio Jose Marques (Toninho), coordenador do Centro de Memoria Nacional (Cedoc) da CUT, destacou: “O trabalhador tem pouco tempo para se informar, por isso, o teatro e o cinema, são canais muito importantes”. Descrição de Imagem: Antonio Jose Marques (Toninho), CM Nacional da CUT. Fim da Descrição.
 
O livro possui 395 pginas, custa R$20,00 (Vinte Reais) e possui uma riqueza de ilustrações que falam por si.  
Pode ser solicitado nos telefones: 11- 3227-4410 do Centro de Memoria, com Ftima ou no telefone: 11-3348-9003, da Força Sindical com Marisa.
 
Apoio Cultural:
Pr Trabalhador Agência de Notcias 
www.protrabalhador.com.br 
11-4328-9551