Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Ateno: dar e receber 16

Atenção: dar e receber

Na coluna desta semana, professor Wanderley Junior mostra que possvel investir no seu negcio, sem custo, apenas encantando e surpreendendo seus clientes. Afinal! Como questiona Wanderley: “Quem o motivo de você empreendedor est ai hoje?”. 
 
Wanderley 2016Publicado- 17/04/14
Colunista- Wanderley Rodrigues Junior
Foto- cedida do arquivo pessoal
 
Você est em um grande magazine e precisa de uma informação sobre um produto de seu interesse, mas não h um funcionrio sequer por perto. Dez minutos depois, você encontra quem parecia ser a sua esperança, mas este apenas diz que não daquele setor, vira as costas e segue corredor adentro. 
 
S mais uma: você prestes a ser atendido depois daquela demora peculiar das filas em São Paulo e a atendente começa a prestar atenção no andamento do atendimento da colega ao lado. E ainda começa um certo comentrio sobre tal e você ali ainda espera de um simples “boa tarde” para iniciar o seu atendimento.
 
A loja pode ser grande, de renome, apresentar belas e fartas prateleiras, mas você sairia satisfeito de l? Qual seria o tamanho de sua frustração?
Por ser uma grande rede você provavelmente voltar, mas e se isso ocorresse em um empreendimento pequeno, de bairro, você voltaria? Provavelmente a sua resposta ser “não”, afinal de contas h mais lojas do mesmo tipo e at na mesma rua para continuar atendendo sua necessidade, não mesmo?
 
Surpreendentemente o microempreendedor lamenta-se: “at hoje eu não sei o que deu de errado e acabei fechando”.
Hoje, h muitos produtos e serviços semelhantes oferecidos todos os dias e em todos os pontos da cidade, mas como estão sendo ofertados o ponto que far a diferença. 
 
Lição simples: não faça aquilo que você não desejaria que fizessem com você.
Surpreenda e seja surpreendido! Dê um atendimento com atenção, olhe diretamente para o cliente enquanto o estiver atendendo. E com sorriso no rosto sempre! Faça cada cliente sentir-se especial. Afinal de contas, ele o motivo de você estar ali hoje.
 
Talvez um simples atendimento de qualidade possa ser a visibilidade de que o seu empreendimento esteja precisando. 
Você h de concordar comigo em como bom ser atendido com atenção, sem caras marrentas, não mesmo? Saber que o outro est nos escutando, dando importância ao problema, um fator gerador de satisfação e que provavelmente acarretar na volta deste cliente. E acredite: ele voltar, mesmo que não tenha comprado ou consumido nada em sua primeira visita.
 
E não se esqueça de instruir os seus colaboradores em dar atenção aos clientes da mesma forma ou at melhor que você. 
Atenção ao cliente: um investimento sem custo, mas com grande retorno.