Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Diverso e Negcios 37

Diversão e Negcios

Sempre de olho no mercado e nas muitas oportunidades o professor de empreendedorismo, Wanderley Junior, conta atravs de um case, as muitas tribos que estão por ai, esperando um empreendedor que as atenda (confira). 
 
Wanderley 2016Publicado-11/12/14
Colunista-Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras, tradutor e intrprete, coordenou a Academia de Microfinanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo, microfinanças e marketing pessoal. Atualmente ministra palestras sobre empreendedorismo, marketing Pessoal e lngua portuguesa para concursos pblicos.
Foto-Edi Souza e Nalva Lima
 
Um dos pontos fortes do esprito empreendedor, alm de acreditar em seu prprio sonho, poder fazer e realizar aquilo que mais se gosta. Fazer algo de que se gosta j prazeroso, se puder lucrar com isso, então, melhor ainda!
A exemplo disso foi a realização da 1. “Comic Com Experience”, um megaencontro “geek” ocorrido no incio deste mês, no Centro de Exposições Imigrantes, São Paulo.
 
Uma tentativa ousada em copiar o sucesso da famosa Comic Con San Diego (EUA) que resultou em mais de 80.000 visitantes.
Fãs e simpatizantes de filmes, sries e quadrinhos que, entre muitas fotos, consumiram violentamente todos os tipos de “nerdice” disponveis no evento, alm da extrema concorrência para um lugar no auditrio onde se concentraram as muitas presenças de famosos internacionais das telonas e da telinha, trazendo as novidades sobre os lançamentos para 2015 nessa linha de entretenimento.
 
Tamanho foi o sucesso que uma segunda edição j est confirmada para o ano que vem.
De olho neste pblico, alguns bares começaram a abrir a suas portas com inovações: decoração tematizada em heris e personagens de filmes que marcaram a geração dos anos 80 e 90 e, se o visitante não apreciador de bebidas alcolicas, pode apenas se reunir com os amigos para ficar horas se divertindo com jogos de tabuleiro, uma outra mania que se propaga pela cidade. Os empresrios confessaram que era um antigo sonho em se trabalhar em algo que realmente gostavam e faziam parte de suas vidas. Deu certo!
 
Como j mencionei oportunamente, feliz aquele que vê oportunidades e sai na frente. Então vejam s: uma ideia simples, ou seja, redecorar o ambiente do bar com prateleiras expondo bonecos e brinquedos antigos de super-heris e personagens do cinema, cartazes de filmes, disponibilização de revistas em quadrinhos e jogos de tabuleiro enquanto os clientes se encontram com amigos e têm horas de bate-papo descontrado, fez com que atrasse uma grande clientela que estava justamente ansiosa e esperando encontrar um lugar assim.
A
t a prefeitura de S. Paulo se rendeu ideia e inseriu na “Virada Cultural” um espaço “nerd”.
O que estou querendo neste artigo da semana alertar que existem muitas tribos que ainda estão esperando por quem os atenda. Quando o empreendedor ousar e realizar, com programação, estudo e planejamento, ver que o seu “hobby” pode virar um negcio muito lucrativo. E sem precisar de superpoderes!