Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Produtividade 42

Produtividade

Quanto mais se quer alcançar uma meta, mais foco e empenho, se far necessrio para a realização do sonho. Confira a coluna do professor Wanderley Rodrigues Junior e mão na massa para alcançar o equilbrio e lucratividade desejados. 
 
Wanderley 2016Publicado-05-02/15
Colunista-Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras, tradutor e intrprete, coordenou a Academia de Micro-finanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo, micro-finanças e marketing pessoal. Atualmente ministra palestras sobre empreendedorismo, marketing Pessoal e lngua portuguesa para concursos pblicos.
Foto- Edi Souza e Nalva Lima
 
O Empreendedorismo um momento em que a pessoa deve focar na realização de seu sonho, portanto, não , necessariamente, a abertura de um negcio e sua lucratividade.
 
Ser empreendedor ter foco para alcançar as suas metas, os seus objetivos de vida e fazer com que os sonhos possam ser concretizados, mesmo que a longo prazo.
Quando se trata de equilbrio e lucratividade, pensa-se logo em um estabelecimento com as portas abertas oferecendo produtos e serviços. Mas estes mesmos pontos podem vir de maneira mais abstrata, porm com o mesmo poder da plenitude da felicidade em se ter um sonho realizado.
 
Esta plenitude como resultado final j a lucratividade certa e contabilizada. No entanto, nenhum lucro vem sem esforço, certo? 
 
Quantas vezes e quantos casos j não foram mostrados em programas de televisão do tipo “Porta da Esperança” em que não h vendas, mas h realização de sonhos?
 
O indivduo com esprito empreendedor aquele que se propõe em participar do programa e querer estar l no palco, por isso foca no seu desejo.
 
Uma vez focado, ir fazer de tudo para chegar at l: milhares de cartas escritas, infindveis envios de e-mails e at envios de vdeos caseiros apelando para ser atendido e chamado. Essa a questão da produtividade.
 
Quanto mais se quer alcançar uma meta, mais empenho se far necessrio, mais trabalho haver de ser colocado em cima desse propsito. Às vezes o candidato at pede ajuda de parentes e amigos para que se inicie uma verdadeira produção de envio de mensagens e inscrições. Uma verdadeira linha de produção: um escreve, um envia, outro vota, todos torcem.
 
Graças a todo esse empenho, uma hora o candidato recebe um chamado da produção do programa notificando-o da aprovação de sua participação. Da dizemos que s por participar ela “j saiu no lucro”.
 
Por que não agir da mesma forma com colaboradores quando se tem uma empresa?
 
Tratar bem o funcionrio com cordialidade e respeito profissional talvez seja uma parte da produtividade qual estivesse faltando dar um pouco mais de atenção.