Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Vtima apenas se quiser 67

Vtima apenas se quiser

Na edição desta semana o professo de empreendedorismo, Wanderley Rodrigues Junior recomenda: “Colha e seja receptivo s opiniões alheias, dos colaboradores e clientes”.
 
Publicado: 07/08/15
Colunista: Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras,  Tradutor e Intrprete, coordenou a Academia de Microfinanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo, microfinanças e marketing pessoal. Atualmente realiza palestras sobre empreendedorismo e marketing  pessoal e ministra  Lngua Portuguesa para candidatos a concursos pblicos.
Foto: Edi Souza e Nalva Lima
 
Wanderley 2016Pare de se martirizar e muito menos ficar se lamentando por a que nada d certo e que você mais uma vtima do sistema e da crise. O empreendedor que quer vencer supera obstculos, chuta barreiras, sempre consegue dar a volta por cima e resgata a motivação e ânimo comercial.
 
Você não e nem deve se colocar em uma posição de vtima e, acima de tudo, precisa parar de ver tudo pelo seu prprio ponto de vista, pois você não o dono da verdade. Como j oportunamente dito em artigos anteriores, faça de seu senso de humildade uma ferramenta evolutiva de seu aprendizado, muitas vezes de si mesmo.
 
Colha e seja receptivo s opiniões alheias, dos colaboradores e clientes. Quem est de fora sempre lhe trar uma outra e nova percepção do que a sua, pois ela j poder estar influenciada pelo seu cotidiano cheio de hbitos e vcios. O que para você virou rotina, para outro novidade. O que para você uma novidade, para quem vê j algo ultrapassado. Respeite, analise e pondere!
 
Ser que o resultado não-esperado foi consequência das atitudes de terceiros ou de seu prprio planejamento feito com pouca solidez e s pressas? Ser que você não est sendo vtima de seus prprios pensamentos, palavras e ações?
 
Você o criador de sua prpria experiência, consequentemente responsvel direto pelos resultados. muito fcil aceitar os bons resultados e vangloriar-se egocentricamente de todo êxito. Então por que, quando tudo vai por gua abaixo, o outro sempre o culpado e você se torna rapidamente a vtima? Simplesmente porque mais fcil criarmos vlvulas de escape para não se assumir uma responsabilidade e sair como a carta marcada do baralho, isso?
 
Ningum faz alguma coisa contra você. Assuma a responsabilidade pessoal e perceba que você pode sair de dificuldades que você mesmo criara. Para tudo se d um jeito, não existe nada impossvel quando se est empenhado e focado em objetivos verossmeis. S necessrio começar a mudar os pensamentos e ações para que as portas das soluções comecem a se abrir e os primeiros raios da esperança e das respostas brilhem cada vez mais fortes a fim de trazerem mais clareza fluidez de ideias.
 
Abra a sua mente para novas perspectivas e adeque-se s novas situações. O empreendedor deve estar sempre apto a inovar e descobrir novos rumos para os negcios.
 
Abandone a mentalidade de vtima e acolha o sabor da vitria.