Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ At a uva passa! 68

At a uva passa!

Na edição desta semana o professor de empreendedorismo Wanderley Rodrigues Junior recomenda: “ preciso reagir e agir para que as coisas mudem. preciso retomar o senso motivador para que o trabalho retome com mais força e garra que anteriormente”. 
 
Publicado: 13/08/15
Colunista: Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras,  Tradutor e Intrprete, coordenou a Academia de Microfinanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo, microfinanças e marketing pessoal. Atualmente realiza palestras sobre empreendedorismo e marketing  pessoal e ministra  Lngua Portuguesa para candidatos a concursos pblicos.
Foto: Edi Souza e Nalva Lima
 
Wanderley 2016O planeta est sob constantes transformações. E o que nele est contido tambm tende a seguir este mesmo processo. Somos parte integrante dele e por isso devemos estar cientes de que o que passamos hoje diferente de ontem e trar tambm um diferencial no amanhã. Tudo muda.
 
Quem nunca se viu em alguma situação difcil, seja no lar, nos relacionamentos ou nos negcios? Muitas vezes o dito “problema” est tão intenso que pensamos que não mais haver alguma sada ou solução, não mesmo? Achamos que est tudo perdido e que nada vai mudar. Mas onde est o seu esprito empreendedor? Onde foi parar a sua motivação e tino comercial em ver e aproveitar as oportunidades mesmo em tempos de crise?
 
A tempestade quando vem, vem forte, mas não para sempre. Rajadas fortssimas de vento que arrastam o que estiver pela frente, raios que caem fazendo com que haja interrupção no fornecimento de energia, formação de um trânsito catico... Mas, com paciência e f, tudo passa.
 
Assim devemos encarar os problemas, como verdadeiras tormentas que vêm arrastando os nossos sonhos, ações, atitudes. No entanto, segure-se em seu potencial, em sua autoestima, em seus alicerces familiares, pois o sol voltar a brilhar os raios da boa nova em breve.
 
Quando ficamos presos a uma situação ruim, pensamos que não haver mais nenhuma maneira de sairmos dela, que tudo est perdido. Mas uma hora tudo muda e passa, pois nada permanente. Então, saia do hbito dos pensamentos negativistas e de baixa vibração e reconecte-se em pensamentos otimistas e que fluam para que se retome a autoconfiança.
 
Mas, muita atenção! Nada muda magicamente. Apesar de pensarmos que a pssima mar chegou sozinha, muito fcil sentarmos na chamada zona de conforto e apenas esperar.
 
Primeiro que nada brota sozinho. At uma plantinha teve de ter a sua sementinha ou plen levados por um passarinho ou pelo vento para que casse ao solo, fecundasse-o e acabasse por germinar. O que quero dizer que se essa m situação chegou ao nvel que est, foi por causa de um nico responsvel que tambm assim a fecundou e acabasse por germinar todo o sentimento de derrota e fracasso: você mesmo!
 
E se assim começou, assim tambm dever se iniciar o processo de transformação e de êxito final: atravs de você mesmo! preciso reagir e agir para que as coisas mudem. preciso retomar o senso motivador para que o trabalho retome com mais força e garra que anteriormente.
 
Não para ficar retomando o que não deu certo, pois isso você j sabe! Foque as suas energias em ideias inovadoras, em ideias que provavelmente você não as colocou em prtica por medo de fracassar ou de simplesmente errar e ser alvo de crticas. 
 
Seja mais pr-ativo e divida as responsabilidades do novo processo com a equipe. Lembre-se de que uma guerra não vencida por um nico soldado, mas pela tropa como um todo cujo general deve estar sempre frente para que a luta siga firme e com todos confiantes no resultado final: a conquista de um novo tempo.