Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Liderana feminina: tem homem que ainda se assusta!

Liderança feminina: tem homem que ainda se assusta!

Jean 4511
 
 
 
 
 
Publicado: 20-06-16
Colunista: Professor Jean Carlos, graduado em educação fsica e mestre em psicologia gentica pela Unicamp, personal profissional coach pela SBC, autor do livro: “Encantando Mentes”, co-autor do aplicativo Power Coaching e diretor tcnico da UP Desenvolvimento Humano.
Foto: Edi Sousa Studio Artes 
 
 
Certa feita estava esperando um dos meus filhos na sada da escola. Quem pai e passa por isso todo santo dia sabe do que eu estou falando. Buzinas a pleno pulmões, fila dupla, stress etc. Para evitar esse tormento cheguei mais cedo, estacionei o carro a uma distância maior e fiquei na entrada do ptio esperando. 
 
Como um profundo admirador e estudioso da psique humana pude perceber que havia dois grupos de pr-adolescentes da mesma sala de aula prximos fisicamente um do outro, porm distantes do ponto de vista emocional.
 
As diferentes formas de se comportar de cada grupo me chamou atenção.
 
 As meninas esbanjavam presença com seus sorrisos, expressão corporal e linguagem que se não era rebuscada expressava um acervo de vocabulrio considervel. Outro aspecto interessante sobre as meninas que estavam nem a para os garotos da sua idade, o que despertava o desejo delas realmente eram os garotos mais velhos do colegial que saiam de suas respectivas aulas naquele momento. 
 
Os meninos por sua vez esboçavam uma forma de comunicação diferente, de cara muito menos expressiva e expansiva comparativamente ao das colegas de sala. Mas o que me deixou intrigado mesmo era a forma como eles queriam chamar a atenção delas. Um empurrava o outro encima do grupo das meninas como estratgia, acredito, com o intuito de expressar sua vontade de se fazer notado. 
 
De repente uma das meninas, j cansada de levar esbarrão dos garotos disse elegantemente e de forma enftica: “Escuta aqui, você não se enxerga não? Cresce primeiro, depois você vem conversar comigo!”. Fiquei estupefato, pois me passou um flash na mente e caiu a ficha do porque quando eu estava no nono ano do ensino fundamental fazia o maior sucesso com as meninas do quinto ano e em contrapartida era quase invisvel para as meninas da minha sala.
O que isso tem haver com o ttulo desse artigo?
 
Vamos ver!
 
Historicamente falando essa capacidade expansiva da mulher vista como algo negativo. Eva, segundo o livro sagrado quem foi a responsvel pela expulsão dela e de Adão do jardim do den. E qual foi o seu suposto erro? Comer a fruta da rvore proibida. Agora, reflita comigo, ter comido da fruta demonstra uma capacidade fundamental para qualquer lder, qual seja: a de pensar fora da caixinha, pensar alm do horizonte, experimentar! Vendo por esse prisma ter comido a fruta tirou Eva e Adão da passividade do paraso e os colocou rumo a uma jornada maravilhosa onde estamos todos imersos at hoje, que a do desenvolvimento cognitivo e moral.
Por isso, obrigado pela sua pr-atividade Eva!
 
Ainda tomando como referência personagens bblicos, a figura de Maria Madalena emblemtica para abordar o tema liderança. Sua posição central em vrios momentos na passagem de Jesus na terra. At mesmo Maria - a Virgem Santssima - não foi tantas vezes citada como Maria Madalena nos evangelhos oficiais. Se considerar outras fontes, tidas como “não oficiais” como um manuscrito de 570 d.c. redigido em Siraco, percebe-se Maria Madalena como mais que uma seguidora fiel. Sugere-se, a partir do texto referido, que Maria Madalena teve papel central na articulação da disseminação da mensagem de Jesus por onde passou, inclusive gerando certo mal estar entre os mais prximos do Cristo como, por exemplo, Pedro.
 
 Polêmicas a parte, não seria um descalabro se uma mulher, com sua presença e expressividade, tivesse um papel de liderança tão relevante em nvel dos seguidores do gênero masculino, haja vista que tanto no suspiro derradeiro de Jesus quanto na sua primeira aparição depois de morto, foi Maria Madalena a personagem mais presente.
 
Poderia citar ainda Jona D´arc com seus 17 anos a frente de um bando de marmanjos com espadas nas mãos, liderando-os no campo de batalha. Incompreendida tambm foi queimada viva por atribuir ouvir “vozes” que a guiavam em suas tarefas. Foi condenada por colocar em prtica uma habilidade de liderança raras vezes vista com maestria hoje em dia, a de saber ouvir. Uma grande lder que cometeu o erro de ouvir “alm da conta”. 
 
A essa altura do texto você deve estar pensando. T, mas porque a liderança feminina ainda assusta alguns homens?
Porque elas possuem atributos que ainda estamos engatinhando para desenvolver! Dois deles são:
 
Expressão lingustica = traga uma mensagem de departamento para um lder homem e ele lhe dar feedbacks do tipo: “ram ram”, “t”, “ok”, “hum” “sei” (confesso que a carapuça serve direitinho pra minha pessoa). J uma lder mulher vai procurar destrinchar a situação nos mnimos detalhes;
 
Expressão corporal = mais da metade de toda mensagem que nosso crebro capta da outra pessoa advm dos gestos dinâmicos do corpo, portanto, antes de qualquer coisa usar essa ferramenta, geralmente mais precisa na mulher, um sinal de inteligência, pois nos permitir transmitir mensagens mais eficientes.
 
A questão central deste artigo apresentar o papel fundamental da mulher como lder, independente do âmbito de atuação. Acredito que ao observar as meninas do colgio durante a espera de um dos meus filhos foi um exerccio de aprendizagem de liderança, mesmo que elas nem sonhem que são a fonte inspiradora dessas linhas.
 
Cabe a ns do sexo masculino ter um pouco mais de humildade e desenvolvermos os atributos que pra elas flui com tanta naturalidade e podemos começar pelos dois acima que citei. 
 
Afinal de contas não queremos mais chamar atenção empurrando uns aos outros, não verdade?
 
Outras informações:
E-Mail -jean@updesenvolvimentohumano.com.br
Facebook - Prof. Jean Carlos
Whatsapp: + 55 * 17 98188-9211
Inscreva-se no canal do you tube e tenha acesso exclusivo a informações sobre liderança
Clique Aqui You Tube
 
Obs: O Pr Trabalhador não se responsabiliza por serviços contratados e prestados diretamente por seus colunistas.  Apenas por palestras, treinamentos e oficinas contratadas diretamente com o comercial@protrabalhador.com.br, nestes casos feito contrato prprio e apresentação de nota fiscal do Pr Trabalhador. Atenciosamente, Direção do Pr Trabalhador.