Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Dilemas que o lder pode enfrentar (parte 1)

Dilemas que o lder pode enfrentar (parte 1)

O professor Jean Carlos, produziu uma srie de artigos que vão contribuir para o desenvolvimento de lderes que segundo o colunista “Ajuda a buscar o que h de melhor dentro de você” e com isso ganha, o lder, os colaboradores, a instituição e tambm a sociedade (confira). 
 
 
Publicado: 07/12/15
Colunista: Professor, Jean Carlos, graduado em educação fisca e mestre em psicologia gentica pela Unicamp, Personal Profissional Coach pela SBC, autor do livro: “Encantando Mentes”, co-autor do aplicativo Power Coaching e diretor tcnico da UP Desenvolvimento Humano.
Foto: Edi Souza e Nalva Lima
 
 
Você sabia que em torno de 50% dos lideres brasileiros se consideram acima de seus colaboradores?
Na prtica, a cada 10 empresas, metade possuem em seu quadro de funcionrios pessoas que ocupam cargos de gestão com um comportamento norteado pela arrogância intelectual.
Essa postura equivocada não cabe mais nas relações interpessoais do ambiente corporativo, haja vista a decorrência nociva - que a partir dela - pode comprometer todo o clima organizacional.
 Numa sociedade em que a informação acessvel a todos, cai por terra a justificativa de exercer liderança apenas pautada no cabedal de conhecimento tcnico que um lder supostamente possa ter sobre os seus liderados.
Nesse exato momento, você mesmo pode acessar um nmero absurdo de dados – artigos, vdeos, dentre outros - voltados ao tema liderança. Portanto, seria ingenuidade da minha parte acreditar que s pelo fato de escrever esse artigo eu posso me considerar acima de algum.
Para exercer uma liderança efetiva e, sobretudo conquistar o respeito da equipe que est sob sua tutela imprescindvel observar como tem lidado com a vaidade que o cargo de gestor exerce sobre você (ou exercer, caso tenha interesse).
A soberba, com o tempo, tem mostrado sua sutil capacidade de denegrir a imagem de um lder que a princpio estava cheio de boas intenções. 
Obviamente que do ponto de vista hierrquico h uma “distância” natural que deve ser respeitada entre quem lidera e quem liderado, contudo, esse “espaço” tem muito mais haver com a autoridade moral do que com o conhecimento tcnico e esse o segredo.
Nelson Mandela, carinhosamente chamado de “Mandiba” pelos Sul Africanos, pode ser um bom exemplo de modelagem de autoridade moral. Lembro-me de uma passagem da sua biografia quando logo no primeiro dia de seu mandato de presidente teve que lidar com uma situação inusitada.
No caminho at seu gabinete presidencial, “Mandiba” presenciou vrios funcionrios de etnia “branca” recolhendo seus pertences em caixas de papelão como que antecipando suas inevitveis demissões.
Mandela pede para reunir todos - “brancos” e “negros” - e anuncia:
- “o trabalho de cada um fundamental para a África do Sul que sonhamos sozinho jamais conseguirei que esse sonho se torne realidade”
No Brasil dos meus sonhos vejo lderes que inspiram seus colaboradores a mobilizar o que h de melhor dentro de cada um. Pois esse o papel maior de um lder: “ajudar a buscar o que h de melhor dentro de você”.
 
 
 
Outras informações:
E-Mail -jean@updesenvolvimentohumano.com.br
Facebook - Prof. Jean Carlos
Whatsapp: + 55 * 17 98188-9211
Inscreva-se no canal do You Tube e tenha acesso exclusivo a informações sobre liderança.
Clique AquiYou Tube
Obs: O Pr Trabalhador não se responsabiliza por serviços contratados e prestados diretamente por seus colunistas.  Apenas por palestras, treinamentos e oficinas contratadas diretamente com o comercial@protrabalhador.com.br, nestes casos feito contrato prprio e apresentação de nota fiscal do Pr Trabalhador. Atenciosamente, Direção do Pr Trabalhador.
Álbum de fotos completo na pgina do Pr Trabalhador no Facebook.