Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Mudana de Planos 87

Mudança de Planos


10564611_686129841464130_747502147_nNo artigo que abre os trabalhos deste ano, professor Wanderley Rodrigues Junior, especialista em empreendedorismo convida a seguinte reflexão: “O que não fazer em 2016?”
Publicado: 28/01/16
Colunista:Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras, Tradutor e Intrprete, coordenou a Academia de Microfinanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo, microfinanças e marketing pessoal. Atualmenterealiza palestras sobre empreendedorismo e marketing  pessoal e ministra Lngua Portuguesa para candidatos a concursos pblicos.
Foto:Edi Souza e Nalva Lima
Por esses dois anos eu passei tentando mostrar aos amigos leitores e aos pretensos empreendedores, atravs de dicas, de mensagens e palavras amigas e at de alerta, os caminhos e os percalços que o mundo empreendedor promove a quem quer que ouse enfrent-lo. Ser empreender tambm inovação, mudarei o tradicional discurso de Ano Novo para um de carter invertido. O que não fazer em 2016? Em que devemos repensar?
Com toda a base das instruções e esclarecimentos que o empreendedor obteve para poder levar o seu negcio adiante e com muito sucesso, ele não pode se esquecer de que o negcio mais importante de sua vida ainda continua dentro de sua prpria casa.
Muitos, com preocupação excessiva em seu êxito comercial, acabam deixando em segundo plano o fortalecimento dos laços afetivo-familiares e isso podem lhes custar mais do que se manter uma conta recheada no banco.
Não h cifrões que substituam o olhar de um filho, a correspondência do carinho de uma esposa ou de um marido, a convivência da famlia reunida em um almoço de domingo.
O sucesso empresarial necessrio sim, mas reflitamos o quanto você est se distanciando de sua famlia, sacrificando os seus momentos preciosos em troca da sobrevivência de seu negcio que poder, de uma hora para outra, ser trocado ou fechado. J a famlia não.
Alguns empreendedores, ao contrrio, sacrificaram os seus sonhos, at então muito bem realizados, a favor do âmbito familiar. Um exemplo a ser citado da atriz Ana Paula Arsio que abriu mão de sua carreira para se dedicar ao bucolismo das montanhas e famlia. Algo que, segundo ela, não se arrepende e faria tudo novamente. Apesar de todo o seu sucesso e ganhos financeiros, o auge da carreira, ao contrrio do que muitos pensam, não trouxe a ela a satisfação plena, provocando-lhe um vazio existencial.
Este caso representa muito bem que o sucesso empresarial importante, mas que, acima de tudo, todos ns temos que procurar realizar aquilo que realmente trar a satisfação pessoal e a sensação da plenitude em ter conseguido atingir a realização do seu maior sonho. Não se deixe levar por uma falsa sensação de plenitude que mais tarde apenas lhe trar a decepção e o pavor de sentir uma lacuna em sua alma.
A mudança de um plano A para um plano B nem sempre sinal de insucesso do primeiro, mas a demonstração da valorização do maior empreendimento de todos: a sua famlia. Um empreendimento que merece a sua manutenção diria em 2016, 2017, 2018...
Outras informações: 
http://portuguesfacilparaconcursos.blogspot.com.br/2015/10/interpetacao-de-textos-cespe-treino.html
Obs: O Pr Trabalhador não se responsabiliza por serviços contratados e prestados diretamente por seus colunistas.  Apenas por palestras, treinamentos e oficinas contratadas diretamente com o comercial@protrabalhador.com.br, nestes casos feito contrato prprio e apresentação de nota fiscal do Pr Trabalhador. Atenciosamente, Direção do Pr Trabalhador.