Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ Comprometimento em grupo 94

Comprometimento em grupo

10567443_686129421464172_1031875467_n

 

Publicado:15-03-16
Colunista: Wanderley Rodrigues Junior, bacharel em Letras, tradutor e intrprete, coordenou a Academia de Microfinanças do Banco São Paulo Confia, realizou cerca de 27 mil capacitações em empreendedorismo, microfinanças e marketing pessoal. Atualmente ministra palestras sobre empreendedorismo, marketing Pessoal e lngua portuguesa para concursos pblicos.
Foto: Edi Souza e Nalva Lima

Empreender em grupo não uma tentativa de voltar ao passado, lembrando-se em como eram feitos os famosos trabalhos em grupo no âmbito escolar. Empreender em grupo , acima de tudo, ter um comprometimento coletivo de compreender a necessidade de todos no acolhimento dos sonhos individuais e no desenvolvimento de ideias em torno de um objetivo comum: o sucesso.


Assim como todo incio, podem aparecer alguns pontos que tragam alguma dor de cabeça: são vrias cabeças pensantes reunidas, cada uma com os seus pontos de vista e perspectivas sobre o mesmo referencial, valores nobres e especiais, porm semeados em diferenciadas famlias com suas peculiaridades culturais e de tradição.
Alm do mais, nem todos costumam ter o mesmo comprometimento em alcançar os resultados e falhas na comunicação podem fazer com que atividades importantes sejam esquecidas ou mal feitas.


No entanto, h como desvencilhar desses obstculos e rumarem ao ponderamento. Seguem algumas dicas.


Reuniões longas e exaustivas podem não resultar em nada. Cada um pode sair pior de que quando entrou nela: confuso, contrariado, com entendimento equivocado do que se foi discutido. Por isso importante que se faça uma lista de tarefas que devem ser feitas e distribudas a cada um presente. Afinal de contas cada integrante apresenta uma aptidão e habilidades diferentes. hora de dar a banana certa ao macaco certo!


recomendvel ao lder do grupo que acompanhe o processo de desenvolvimento, principalmente junto quele que tem um papel importante, por exemplo, em ligar para o cliente previamente agendado. Lembre-o, se necessrio. Sugira usar lembretes, inclusive começar a utilizar mais as ferramentas eletrônicas para este fim, hoje muito comumente disponibilizadas em tablets e celulares. Use e abuse de e-mails, WhatsApp, Messenger, etc.


E nunca deixe para checar o resultado apenas no final do processo. Marque reuniões intermedirias para que cada um do grupo fale em que ponto est, se encontra dificuldades ou não e como est lidando com elas, o que est usando para a fluência dos trabalhos e, se preciso for, reprogramar a agenda e prazos de entrega. Essa uma forma de um lder indiretamente mostrar que est em uma posição de cumplicidade, de parceiro e não de comandante apenas, que realmente se preocupa com o rendimento de cada um.


O verdadeiro lder não aquele que apenas empurra o grupo, mas aquele que ajuda a puxar a carga.