Home/ Editorias/ Empreendedorismo/ "Todo empreendedor necessita de um mentor ou guru!"

“Todo empreendedor necessita de um mentor ou guru!”

 
Rede
A equipe de jornalismo do Pr Trabalhador foi conferir se as Mulheres estão transformando a sociedade! Estivemos no “4 Frum Empreendedoras”, levantamos as principais dicas dos palestrantes, os cases de empreendedoras que fecharam negcios durante os intervalos e chegamos a conclusão que sim, elas realmente estão transformando a sociedade.(Confira a matria).  
 
Publicado: 03/09/15
Texto: Regina Ramalho 
Foto: Edi Sousa Studio Artes. 
Fonte: Pitchcom : Assessoria de Imprensa da Rede Mulher Empreendedora. 
 
Ana Fontes, umas das fundadoras da Rede Mulher Empreendedora, abriu o Frum com a seguinte colocação: "A primeira necessidade bsica de uma empresa Rede 5 vender!”. 
 
 
Ana explica que as mulheres costumam contar sua vida inteira para um estranho no ônibus, mas em contra partida, quando o assunto negcios muitas travam e apresentam dificuldade em fazer a abordagem. 
Tanto o Frum, como o 38 Caf Empreendedora que est para acontecer no prximo dia 18/09 em São Paulo, são oportunidades para que empreendedoras e empreendedores buscarem a realização de negcios e inspiração para não entrarem neste clima de crise que anda se empalhando em nosso pas. 
 
 
 
 
 
Entre as recomendações iniciais de Ana Fontes destacamos seis dicas: 
Não ficar presa no parzinho (aproveitar a oportunidade para aumentar o seu network),
A cada 15 dias participar de encontros que possibilite aumentar sua rede, 
Delegar a operação e ter foco nas vendas e nas finanças, 
Perder o medo e buscar acesso ao crdito
Nunca contratar algum que não possa demitir, 
Buscar inspiração e mentoria (Um Mentor uma pessoa para te orientar, inspirar. Pode ter sido ou ser um chefe, um colega, um consultor, algum para te apoiar empresarialmente).
 
Mulheres rompendo barreiras
 
Thiago Terra, da Apex- Brasil falou sobre o trabalho da instituição em ampliar a negociação entre empreendedoras como forma de aumentar a exportação e atrair investimentos para o nosso pas. A Apex-Brasil junto com a Rede Mulher Empreendedora vai capacitar empresas lideradas por mulheres como forma de desenvolver e difundir a cultura de exportação. 
A doutora em psicologia social, Maria Jos Tonelli, destacou a importância de pensarmos a recente evolução da mulher empresria: “ a primeira vez que mulheres executivas estão envelhecendo no mundo”.  
 
Acesso a crdito 
 
Mariana Terepins, que coordena o programa do banco Ita de Microcrdito e o programa Ita Mulher Empreendedora recomendou  que as mulheres participem mais ativamente das decisões financeiras das famlias e do conhecimento das finanças no geral. 
Mulheres em campos que eram de domnio masculino
Alm das finanças ainda muito pouca a presença feminina no ramo tecnolgico e de Ciências da Computação. 
A jovem Camila Achutti, criadora do blog: Mulheres na Computação uma exceção que esta fazendo muito sucesso, rompendo barreiras e fazendo histria. 
Entre muitas inovações propostas por Camila destacamos a seguinte: “Est na hora dos jovens tomarem para si a responsabilidade com a educação deles”. Fazendo uma  referência a  m  qualidade dos ensinos nas escolas e um contraponto com as facilidades que a internet traz para quem deseja aprender e conquistar novas fronteiras e campos de atuação. 
 
Rede 11
 
 
Outra bandeira defendida por Camila: “Todo mundo tem que aprender um pouco de programação, pois este o novo inglês”.  Para Camila o conhecimento desta rea faz com que a pessoa passe a pensar ‘fora da caixa’. 
 
“Domar cavalos coisa de homens” 
 
Quem que diz o que você ou não capaz de fazer? Não a primeira vez que levantamos essa questão para os leitores do Pr Trabalhador, mas a histria de vida da empresria Maria Dalva Rolim que encerrou as palestras da parte da manhã e foi ovacionada pela plateia fechando com chave de ouro, nos trouxe novamente este questionamento. 
 
 
Maria Dalva cresceu com a afirmativa do pai: “Domar cavalos coisa para homens”. Descreve-se como uma chefe igual a personagem do filme: “O diabo veste prada”,Rede Maria Dalva que conta a histria de uma executiva que era uma chefe tirana, com muita fama e sucesso, mais infeliz na vida pessoal. 
 
Aps uma triste separação e problemas de sade ela decidiu ir atrs do sonho de domar cavalos. Para encurtar a histria ela não s aprendeu domar os cavalos, como apreendeu a ser uma lder respeitada e admirada por seus subordinados e ainda se casou com seu professor. O que mostra que a mulher capaz sim, de conciliar o sucesso com a carreira e tambm sua famlia, quando segue seus instintos e aposta nos seus sonhos. 
  
Que almoçar, que nada...
 
Pausa para almoço? Não! Apesar do gostoso cardpio distribudo as 500 empresrias estavam mais preocupadas em fechar negcios, parcerias e encontrar fornecedores. 
 
Claudia Kiriyama proprietria da Turquesa Esmalteria que estava expondo seu trabalho na Feira de Negcios que aconteceu durante do o Frum. Durante o almoço conheceu Marina de Almeida Vieira Dias, que foi nossa personagem na cobertura e apuração da Feira do Empreendedor realizada pelo Sebrae-SP em 2014  e depois foi novamente pauta Networking que transforma vidas. Uma contava com um produto que poderia auxiliar no trabalho da outra e logo as duas fecharam negcio. 
 Primeiro Negocio
A empresria da Jet House, Graça Bonfim ao ser abordada por nossa equipe afirmou: “Eu nasci para os negcios eRede Graca sou a solução dos meus clientes, estou sempre em busca de inovação”. Graça tambm estava expondo na feira e  me apresentou sua nova parceria firmada no frum.
 
Rosângela Bessa, da empresa Organização a Bessa. “Eu vou at o meu cliente, que muitas vezes costuma trabalhar em ‘home officer’ e posso indicar os serviços da Graça e vice versa”. 
 
Percebemos que apesar da grande movimentação na feira, algumas mulheres faziam uma concentração em uma sala onde estava escrito mentoria. 
 
A diretora da Rede Mulher Empreendedora Fernanda Nascimento, explicou a nossa equipe que a mentoria pode acontecer tanto de maneira individual, como tambm em grupo. “Os mentores dão uma luz a problemas pontuais dos empreendedores, queda de vendas, como agregar valor ao produto entre outros pontos”. Rede 10
 
Na volta do almoço outro testemunho dentre as muitas participações chamou a atenção de nossa equipe. 
 
"Cuidado para não sufocar a sua autenticidade, pois ela sua chave para o sucesso", Manuella Curti, jovem executiva, presidente da empresa, Filtros Europa.
 
ManuelaAdvogada de formação, Manuella, da noite para o dia se viu a frente da administração dos negcios da famlia. A empresria conta que fundamental equilibrar os negcios e a qualidade de vida.
 
“Alm de dormir bem, comer nos horrios certos, fazer alongamentos e não levar trabalho para casa, descobri o quanto bom pedir ajuda”, conta. Outro ponto levantado por Manuela ter os concorrentes como aliados. 
 
“Os concorrentes nos auxiliam a divulgar a importância da gua de qualidade e  fazem com que ns cuidemos melhor de nossos produtos e clientes”, ensina.
O ltimo painel teve a exposição da jornalista Ana Paula Padrão. Ana contou que como empresria levou pelo menos dois anos para encontrar a vocação de sua empresa. 
 
“Minha empresa se especializou em contar boas prticas e histrias das corporações”, revela. 
 
Ana Paula ensina que para empreender principalmente em tempos de crise necessrio aprender a ouvir não e mesmo assim seguir com resiliência.
 
“Para seguir em frente preciso sonhar grande, mas tão importante quanto um sonho analisar se ele possvel e adequ-lo a realidade”, principalmente em momentos de crise.
 

Outras informações: 
 
http://www.redemulherempreendedora.com.br/