Home/ Editorias/ Diversidade/ 18 dia Orgulho Gay acontece no prximo domingo

18 dia Orgulho Gay acontece no prximo domingo-

Descrição de imagem: Sorridentes as transexuais do site APOGLBT-SP e Transemprego, posam para a agência de noticias Pr Trabalhador e visitantes. Fim da descrição de imagem.A equipe de jornalistas do portal de notcias sobre o mundo do trabalho “Pr Trabalhador”, foi prestigiar neste dia 1 de Maio, “Dia do Trabalhador”, a 14 Feira Cultural da Diversidade, realizada na Praça da Repblica. Uma das muitas atividades que antecedem a realização da “18 Parada do Orgulho Gay”. Um dos principais pontos apurados foi a discriminação que os Transexuais sofrem quando o assunto oportunidade de emprego (confira Matria na ntegra). 
 
 
Publicado: 02/05/14
Fonte: site APOGLBT-SP e Transemprego. Assessoria de Imprensa Coord. Diversidade Sexual do Gov. do Estado. 
Texto:Da redação do Pr Trabalhador
Fotos: Nalva Lima 
 
A feira traz cultura, diversão e informação para o publico LGBT, tambm teve espaço na luta pelo respeito diversidade dentro do ambiente de trabalho, que tambm ser pauta da Parada, que acontece,neste domingo, dia 04, a partir do 12h, com concentração em frente o Teatro Gazeta, avenida Paulista, 900).
 
O tema deste ano “Pas vencedor pas sem HOMOLESBOTRANSFOBIA” e a equipe do Pr Trabalhador foi conversar com a coordenadora de Polticas Para a Diversidade Sexual “Heloisa Gama Alves”, do governo do Estado de São Paulo, para saber o quê o governo tem feito em prl dos profissionais LGBT quando o assunto inclusão e oportunidade de trabalho. 
 
A coordenadora falou sobre o “Selo da Diversidade”. “O Selo da Diversidade foi criado para incentivar as empresas a apresentarem projetos e aplicar na prtica a promoção da diversidade”, diz Heloisa. 
 
“A empresa recebe um selo na apresentação do projeto e outro por cumprir as metas estipuladas”, reforçou Heloisa. Alm disso, a coordenadora explicou que existe um trabalho Inter secretarial para a promoção da diversidade.
 
A equipe do Pr Trabalhador quis saber entre o publico LGBT quem sofre mais discriminação. “Os Transsexuais findam sendo os mais excludos”, revela Heloisa. 
 
O Pr Trabalhador conversou tambm com representantes do Guia GLBT que confirmou a dificuldade redobrada em conseguir trabalho, quando a pessoa Transsexual. 
 
Mas não pense que por falta de qualificação profissional. puro preconceito mesmo. Segundo o informa o Transemprego, site especializado na inclusão profissional de trabalhadores Transsexuais.
O Transemprego informa que mesmo qualificado o profissional Trans geralmente recebe muitos ‘nãos’, quando vai em busca de emprego.
 
“Ouse dar uma oportunidade de emprego para quem geralmente s recebe ‘Nãos’ ’’
 
Esse o convite feito para empregadores e empresrios no site Transemprego. 
 
Segundo o Transemprego, oferecer vagas para Trans promover a justiça social e ao mesmo tempo, contar com profissionais qualificados e bem dispostos que se adaptam rpido e abraçam as oportunidades com ‘unhas e dentes’, por não disporem de muitas chances no mercado de trabalho.Na plataforma possvel cadastrar currculos ou vagas de emprego (confira o link para Transemprego mais abaixo). 

Serviços- 
18 Parada do Orgulho Gay
04 de Maio – concentração a partir das 10h, inicio s 12h
Em frente ao Teatro Gazeta (Avenida Paulista, 900) 
Trmino: 18:00 horas - Rua Consolação em frente a Igreja da Consolação
Show de Encerramento 
Das 19 as 21h
 
 
Outras informações- 
http://www.paradasp.org.br/home.html
http://www.transempregos.com.br/
http://www.guiaglbts.com.br/