Home/ Editorias/ Diversidade/ FGV capacita mulheres para o empreendedorismo

FGV capacita mulheres para o empreendedorismo

Descrição de imagem: Na foto h mulheres sentadas em volta de uma mesa, para o curso gratuito de empreendedorismo oferecido pela Fundação Getulio Vargas. Fim da descrição de imagemFGV e o banco Goldman Sachs estão com inscrições abertas para o curso  gratuito de empreendedorismo “10.000 Women”

Publicado: 14/03/14
Texto: Regina Ramalho
Fonte: Assessorias de imprensa FGV (GWA) e banco Goldman Sachs (fidata)
Fotos: Edi Sousa 
 
A Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas (FGV), est com inscrições abertas at o dia 20 de maio, para 70 vagas no curso de gratuito de empreendedorismo “10.000 Women”. As interessadas podem se inscrever no processo seletivo fazendo cadastro no site www.10000mulheres.com.br. A iniciativa foi lançada pelo o banco Goldman Sachs, em março de 2008, e sempre realizada com o apoio de instituições de ensino renomadas.
 
Somente em São Paulo o programa“10.000 Women”ofereceu capacitação gratuita em administração, gestão de negcios, tutorial e networking para 350 mulheres. Alm do Brasil a ação tambm acontece em 42 pases. Entre eles estão Libria, Egito, Índia e China. 
 
Nmeros Goldman Sachs-
 
Segundo informações da assessoria de imprensa do Goldman Sachs no Brasil, o acompanhamento feito no mundo todo revela que 82% das entrevistadas haviam aumentado sua receita, e 71% conseguiram novas oportunidades de trabalho, boa parte, das ex-alunas duplicavam o tamanho de sua mão de obra e as receitas aumentaram em at cinco vezes ps-formatura. 
 
Denise Delboni, professora do curso de direito da Escola de Administração de Empresas (FGV) explica porque investir na capacitação de mulheres. “As mulheres multiplicam o conhecimento que recebem não s na educação dos filhos, mas contribuem tambm para a melhoria das condições de toda a sociedade ao seu redor”, afirma. 
 
Descrição de imagem: Foto de Ana Paula Paschoalino de Freitas, empresria, turma 2013. Fim da descrição de imagem. A proprietria do Grupo Traps, Ana Paula Paschoalino de Freitas da turma de outubro de 2013. “O 10.000 Women foi um divisor de guas”, conta. “Ainda durante o curso percebi a necessidade de investir em comunicação e tratei logo de reavaliar uma proposta que havia recebido e contratei os serviços de uma assessoria de comunicação”, lembra. 
 
A empresria revelou para a equipe do Pr Trabalhador que sua meta para esse ano era de aumentar seu faturamento em at 15% ao longo deste ano, mas j nos primeiros meses de 2014, os nmeros alcançaram os 30%. 
 
O Pr Trabalhador quis saber o que a empresria passou a fazer de diferente para alcançar esses resultados. 
 
“Montei um organograma definindo bem as funções, me concentrei em vendas, diversificamos o negcio, passando a vender a mquina dobradeira de plstico que desenvolvemos para atender uma necessidade que temos em nosso segmento”, explica. 
 
A empresria enxergou um novo nicho de mercado, com a venda das mquinas, desenvolveu um plano de negcio que oferece gratuitamente para seus compradores. Alm de prestar consultoria gratuita para que tambm possam empreender em sua região. 
 
“Não vendo franquias e sim oportunidade de empreender e ensinando entre outras coisas a como comprar matria prima mais barata e montar o famoso (PDV) Ponto de Venda”, ressalta. 
 
A empresria da Master Mind, Rosangela Lipert, que oferece treinamento de alta performance,10 Rosangela percebeu que era necessrio ampliar seu produto ‘carro chefe’. “Sai do curso com minha visão estratgica ampliada”, diz.  
 
“Percebi que j possua um bom produto que tem boa aceitação e que o ideal era criar outros e ampliar o treinamento que j o nosso ‘carro chefe’”, contou Rosangela. 
 
Os nmeros da Master Mind tambm cresceram ps-treinamento. “Montamos um departamento de vendas e com isso o nosso lucro j alcançou os 15%”, salienta. 
 
10 hO coordenador do Centro de Empreendedorismo da FGV, Tales Andreassi explica que a FGV continua acompanhando as empreendedoras. “Aps 36 meses as alunas continuam sendo acompanhadas, participam de palestras, reuniões e recebem consultoria de evolução do negcio”, explica. 
 
Contedo Programtico-
 
No total são 144 horas divididas em dois mdulos. 
 
1 Mdulo- Você e o seu Negcio, Estratgia, Finanças, Marketing, Operações, Recursos Humanos, Negociação, TI e E-commerce. 
 
2 Mdulo- Eventos de networking, Feira de Empreendedorismo e Sessões de briefing. 
 
Pblico-
 
Mulheres com negcio prprio em funcionamento e que não tiveram acesso a curso de administração. 
 
Seleção- No ato de seleção, apresentar copia das certidões de nascimento, casamento, documento com foto, 2 fotos 3x4, comprovante que possui negcio aberto. 
 
As aulas iniciam no dia 1 de agosto e vão at 13 de dezembro. Outras informações: www.10000mulheres.com.br