Home/ Editorias/ Sindical/ Emoo e luto- 55 cruzes pintadas de preto representaram o nmero de trabalhadores morto em Cubato

Emoção e luto- 55 cruzes pintadas de preto representaram o nmero de trabalhadores morto em Cubatão

O ato ecumênico foi realizado pelo Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil, Montagem de Manutenção Indstria (Sintracomos), nesta ltima sexta-feira, dia 7, em frente a Usiminas em Cubatão. Alm de trabalhadores, familiares e população o ato contou com o apoio das centrais UGT, CUT e Força Sindical. 

 
Texto: redação do Pr Trabalhador
Fonte: assessoria de imprensa Sintracomos, Joca Diniz 
Foto: cortesia Vespasiano Rocha
 
O ato ecumênico foi realizado pelo Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil, Montagem de Manutenção Indstria (Sintracomos), nesta ltima sexta-feira, dia 7, em frente a Usiminas em Cubatão. Alm de trabalhadores, familiares e população o ato contou com o apoio das centrais UGT, CUT e Força Sindical. 
 
Os manifestantes seguravam nas mãos 55 cruzes e balões de gs de cor preta em sinal de luto pelas mortes, que segundo dados do Sintracomos, vêm ocorrendo desde 1993, ano no qual a siderrgica Usiminas foi privatizada.
 
A assessoria de imprensa informou que o presidente do Sintracomos, Marcos Braz de Oliveira (Maca), juntamente com a diretoria, pretende levar as denncias para o Ministrio do Trabalho e Emprego (TEM) de Cubatão e tambm para ser discutido na Organização Internacional do Trabalho (OIT). Alm disso, o sindicato pretende comunicar oficialmente a Federação das Indstrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e presidenta Dilma Rousseff. 

Relatos- Alm de acidentes e mortes, os trabalhadores relatam para o sindicato, a falta de autonomia dos tcnicos de segurança no trabalho, poucos mdicos, para a quantidade de trabalhadores, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) inadequados em razão do calor e do peso (chegando a pesar aproximadamente um quilo), entre outras queixas sobre as condições de trabalho. 
 
O sindicato tambm anuncia nos prximos dias novo ato em pr da prevenção dos acidentes de trabalho. A ideia que os trabalhadores saiam em passeata do Polo Industrial em direção da avenida, 9 de abril, no Centro de Cubatão. 
 
O Pr Trabalhador continuar acompanhando a busca por melhorias nas condições de trabalho em Cubatão e abre espaço tambm para que tanto os representantes, quanto a assessoria da Usiminas possa se manifestar pela busca de soluções.